Você está aqui: Página Inicial > Adm. Direta > PGE > Governador e procurador-geral do Estado participam da solenidade de posse da nova mesa diretora do Tribunal Regional Federal

Notícias

Governador e procurador-geral do Estado participam da solenidade de posse da nova mesa diretora do Tribunal Regional Federal

O governador Ricardo Coutinho e o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro participaram, nesta segunda-feira (3), da solenidade de posse da nova mesa diretora do Tribunal Regional Federal da 5ª região (TRF5), realizada no Salão do Pleno do Tribunal em Recife, Pernambuco.

Foram empossados os desembargadores federais Manoel de Oliveira Erhardt, como presidente; Cid Marconi Gurgel, vice-presidente; e Paulo Machado Cordeiro, como corregedor regional. O TRF5 tem sob sua jurisdição os estados da Paraíba, Alagoas, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. A nova mesa diretora do TRF5 foi eleita para o período 2017/2019.
O procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, acompanhou o governador na solenidade, que também foi prestigiada pelos governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Renan Filho (Alagoas), Robinson Faria (Rio Grande do Norte), Camilo Santana (Ceará) e Jackson Barreto (Sergipe), além de ministros, senadores, deputados, juízes, membros do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil, entre outras autoridades.
Na ocasião, o governador Ricardo Coutinho cumprimentou os novos dirigentes do Tribunal Regional Federal da 5ª região e desejou uma boa gestão para os empossados. Ricardo também cumprimentou o ex-presidente do TRF5, desembargador federal Rogério Fialho, e o parabenizou pela missão cumprida na presidência do órgão. “Esse é um órgão de extrema importância no judiciário brasileiro e nosso desejo é que a nova mesa diretora desempenhe um excelente trabalho no comando deste Tribunal”, comentou.
O presidente Manoel Erhardt agradeceu a todos que o incentivaram a buscar novos desafios e destacou que a gestão buscará aproximar, ainda mais, o Poder Judiciário da sociedade. “É uma satisfação exercer a presidência de um órgão tão importante como é este Tribunal Regional Federal. Queremos dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelas gestões que nos sucederam. Deixo a certeza de que esta mesa diretora buscará conscientizar os cidadãos sobre o papel da Justiça, aproximando este órgão da sociedade. Cumpriremos nossa missão com ética e responsabilidade”, frisou.
“É um momento de grande alegria para nós. Vamos buscar a celeridade processual e assessorar a presidência no que for preciso. É importante também mostrarmos para a sociedade qual o papel do Tribunal e, como o presidente afirmou, queremos aproximar o TRF5 da população”, falou o vice-presidente, Cid Marconi Gurgel.
O ex-presidente do TRF5, desembargador federal Rogério Fialho, comentou sobre sua trajetória à frente do Tribunal e afirmou que o órgão fica em boas mãos. “Foi uma grande honra exercer a presidência deste Tribunal Regional Federal. Me sinto grato por tudo que foi possível agregar durante o período da minha gestão. A coragem, a esperança e a dedicação foram boas companheiras que me ajudaram na busca pela realização dos objetivos aos quais me propus. Me dediquei a dar continuidade aos bons projetos já existentes, a amenizar os efeitos da crise e a criar novos projetos para o fortalecimento do TRF5. Saio com a sensação de dever cumprido e desejo sucesso a nova mesa diretora”, frisou.
O deputado estadual João Gonçalves representou a Assembleia Legislativa da Paraíba no evento e comentou: “O paraibano Rogério Fialho teve um excelente desempenho à frente do Tribunal Regional Federal e hoje prestigiamos a posse do novo dirigente desta casa, configurando a harmonia entre os poderes.”
A mesa diretora - Manoel Oliveira Erhardt nasceu em Gravatá, em 1953, e graduou-se em direito pela Faculdade de Direito do Recife da Universidade Federal de Pernambuco (FDR/UFPE), em 1976. A carreira na magistratura foi iniciada em 1981, como juiz de Direito no Estado de Pernambuco. Também foi juiz auditor da Justiça Militar Federal e procurador da República. Tomou posse no cargo de juiz federal da 1ª Região em novembro de 1987, sendo removido para a Seção Judiciária de Pernambuco em 1988. É desembargador federal do TRF5 desde agosto de 2007.
Cid Marconi tomou posse no cargo de desembargador federal do TRF5 em junho de 2015, na vaga destinada a advogado, pelo Quinto Constitucional. É mestre em Direito Constitucional e pós-graduado em Direito Processual Civil, pela Universidade de Fortaleza (Unifor), e graduado em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi juiz efetivo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE).
Paulo Cordeiro foi diretor do Foro da Seção Judiciária de Alagoas por oito anos consecutivos. É mestre em Direito Público pela Faculdade de Direito de Alagoas (UFAL) e professor de Introdução ao Direito e Direito Tributário da UFAL. Foi promovido a desembargador federal do TRF5 em abril de 2015. Além de corregedor regional, Cordeiro será o responsável pelo Gabinete de Conciliação.

 

registrado em: ,
Voltar para o topo
Plataforma Padrão CODATA de Portais
Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone