Você está aqui: Página Inicial > Adm. Indireta > FAPESQ > Fapesq firma parceria para auxiliar participantes do Programa Centelha

Notícias

Fapesq firma parceria para auxiliar participantes do Programa Centelha

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba firmou parceria institucional com a Avati Aceleradora, empresa com foco no desenvolvimento de startups no Nordeste do Brasil. A Avati irá auxiliar as startups participantes do Programa Centelha-PB no fortalecimento para o empreendedorismo de negócios de base tecnológica.

As startups que forem contempladas pelo Programa Centelha-PB poderão contar com a Avati Aceleradora como uma fornecedora de serviços de assessoria através do ‘Programa de Mentoria de Inovação’ que trabalha a capacitação dos empreendedores que estão com uma ideia inicial. São aplicadas ferramentas e metodologias de inovação usadas por startups para validação de hipóteses de negócio no Brasil e no Mundo.

“A Avati Aceleradora apoia o desenvolvimento de startups ou negócios inovadores de três formas distintas: o Programa de Mentoria de Inovação, para negócios em fase de ideação ou operação inicial; o Programa de Aceleração, para startups em operação, que estão em busca de tração ou escala (crescimento rápido); e o Programa de Inovação Aberta, destinado às corporações que procuram novas oportunidades de negócio, inovando com maior eficiência, atraindo startups que oferecem soluções que podem beneficiar os seus clientes”, informa Carlos Eduardo Novinho, fundador da Avati.

O presidente da Fapesq, Roberto Germano, aposta na parceria com a Avati: “Estamos agregando uma empresa com alta capacidade que soma-se ao nosso time de apoiadores como o Sebrae e a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba. Nós queremos que esses negócios cresçam e futuramente, por que não, se tornem unicórnios!”

“Nós colaboramos com o Centelha por ser um Programa voltado para a formação de empreendedores. O Centelha se volta para o processo inicial de um empreendimento e entra com o conhecimento para uma ideia se concretizar”, completa Novinho.


Sobre o Centelha-PB

Nessa terceira fase do Programa o candidato vai desenvolver um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio. Ao final, até 28 projetos serão contemplados, cada um com até R$ 60 mil em subvenção econômica, além de outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso. O Resultado Preliminar da fase 3 será divulgado em 04/03/2020 e a previsão é de publicação do Resultado Final em 26/03/2020.

O Programa é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada na Paraíba pela Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia (SEECT) e Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq). Serão investidos na Paraíba recursos na ordem de aproximadamente R$ 1,7 milhão, sendo 570 mil de contrapartida do Estado.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.


Voltar para o topo