Você está aqui: Página Inicial > Adm. Direta > PGE > Ricardo assina novo edital de convocação de credores para pagamento de precatórios

Notícias

Ricardo assina novo edital de convocação de credores para pagamento de precatórios

Governo do Estado já liberou para o Tribunal de Justiça da Paraíba mais de R$ 15 milhões para pagamentos de precatórios na modalidade de acordos diretos,

O governador Ricardo Coutinho assinou, nesta segunda-feira (8), no Palácio da Redenção, o edital de convocação de credores para conciliação de pagamentos de precatórios das dívidas de 2010 por meio da Câmara de Conciliação de Precatórios (Conprec), em conjunto com o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

Para este edital o Governo do Estado já dispõe de R$ 26 milhões. Desde 2011, a atual gestão estadual já pagou mais de R$ 700 milhões em precatórios aos credores, enquanto no período de 10 anos, entre 2000 a 2010, foram pagos apenas cerca de R$ 50 milhões. A solenidade contou com a participação do desembargdor Saulo Benevides, representando o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Também estiveram presentes deputados estaduais, juizes,desembargadores, procuradores e auxiliares do Governo.

O Governo do Estado já liberou para o TJPB mais de R$ 15 milhões para pagamentos de precatórios na modalidade de acordos diretos, relativos aos biênios 2006/2007 e 2008/2009, que beneficiaram 544 credores. Os acordos foram celebrados a partir de editais de convocação lançados pela PGE, por meio da Conprec, em 27/09/2016 e 04/01/2016, correspondentes aos dois biênios, respectivamente. Os créditos totalizavam mais de R$ 25 milhões, mas com o deságio de 40%, a celebração desses acordos gerou uma economia de mais de R$ 10 milhões para os cofres públicos estaduais.

“Nós modificamos a forma de ter acesso aos precatórios para determinada parcela da população, dando a oportunidade de haver uma antecipação do pagamento com deságio de 40%. As pessoas que queiram fazer esse acordo podem se inscrever e os devidos andamentos serão dados. Este é o terceiro edital e nesse montante serão R$ 26 milhões. É bom lembrar que em cerca de seis anos já pagamos mais de R$ 700 milhões em precatórios, enquanto que no período de 10 anos foram pagos apenas R$ 50 milhões, ou seja, estamos fazendo o possível para agilizar os pagamentos”, comentou o governador Ricardo Coutinho.

. 

O procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, explicou que os credores com dívidas inscritas no ano de 2010 que quiserem acelerar o recebimento dos precatórios podem se credenciar para esta modalidade de acordo, com deságio de 40%. “Estamos incrementando alternativas de receitas para aumentar os pagamentos, tendo em vista que ainda temos uma dívida estadual em precatórios acumulados ao longo dos anos em cerca de R$ 1,3 bilhão. Mesmo diante das dificuldades, estamos com este programa que prevê um deságio de até 40% para aqueles que optarem por essa forma mais rápida de pagamento e vamos utilizar também recursos do fundo de depósitos judiciais e da compensação tributária para aumentar o volume de pagamento dos precatórios”, explicou.

registrado em: ,
Voltar para o topo
Plataforma Padrão CODATA de Portais
Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone